Em videoconferência realizada na manhã de hoje (11/11) com membros do Núcleo da Qualidade da Assistência do Hospital Arnaldo Gavazza Filho, referências técnicas da Superintendência Regional de Saúde de Ponte Nova, Coordenação Estadual de Saúde Bucal e Secretaria Municipal de Saúde de Ponte Nova, foi apresentado o ranking dos municípios mineiros em relação ao número de atendimentos odontológicos, por mil habitantes, às Pessoas com Necessidades Especiais usuárias do SUS. Ponte Nova está em segundo lugar em número e qualidade de atendimento, abaixo apenas de Juiz de Fora.
Os profissionais responsáveis pelo trabalho, os dentistas Rogério Barbosa e Geraldo Elisio Leal, e o anestesista Dr. Ricardo Cotta, assim como todos que atuam direta ou indiretamente nas ações, comemoraram a conquista.
O serviço prestado é direcionado a pacientes que não têm condições de receber atendimento ambulatorial e precisam de anestesia geral, que são, em sua maioria, neurológicos, cardiopatas e diabéticos.
Geraldo Elísio Leal ressaltou que o reconhecimento só foi possível diante da parceria do hospital com o município e a Secretaria de Estado de Saúde. “Temos um apoio muito grande de todos os envolvidos em questão de material, equipamentos para o trabalho, assistência técnica dentro do bloco, entre outros”, disse.
Para a superintendente executiva do HAG, Lucimar Regina Oliveira Fonseca, a união na área da saúde fortalece o serviço. “As parcerias envolvidas nos trazem uma tranquilidade para que os pacientes tenham acesso a um atendimento de qualidade. O hospital, sozinho, jamais conseguiria manter esse patamar e conquistar resultados tão expressivos”, declarou.
Dr. Ricardo Cotta, por sua vez, destacou que sente imenso orgulho em fazer parte da equipe, reforçando a “alegria em receber a notícia da excelente colocação no ranking mineiro”.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *