A comemoração do Dia dos Pais foi instituída no calendário brasileiro a partir de 1953, por ideia do publicitário Sylvio Bhering. O então diretor do jornal O Globo, aproveitando uma população predominantemente católica, lançou a campanha para que fosse comemorado o Dia dos Pais em 16 de agosto, dia de São Joaquim – pai de Maria e avô de Jesus. Segundo o jornal, a data tinha o objetivo de “fortalecer os laços familiares e celebrar o chefe da família”.

O curioso é que, hoje, nem os pais brasileiros e nem o santo ficaram com o dia 16 de agosto: durante o papado de Paulo VI (entre 1963 e 1978), ficou definido que 26 de julho seria o dia de São Joaquim e de Santa Ana, mãe de Maria – quando, anos depois, passou-se a comemorar o Dia dos Avós.

Para festejar a data, o Setor de Contabilidade do HAG organizou um cinema com pipoca e refrigerante para os pais que trabalham na Instituição. A exibição do filme “Um homem de família” fez o público se emocionar. Todos os pais receberam uma carteira de presente e participaram do sorteio de uma cesta da padaria Pão&Tal.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *